Os melhores celulares com baterias que duram o dia todo

Publicidade

O celular é uma ferramenta essencial nos dias de hoje e vai muito além de um telefone para a comunicação. É importante tanto para o lazer quanto para o trabalho. E, independentemente do uso, ter ele sempre ligado é um quesito importantíssimo. Assim, uma bateria que dura o dia todo está no topo do checklist antes da compra.

Se sua intenção é ter um bom aparelho com baterias que duram horas e horas sem necessidade de recarga, nós vamos te ajudar. Separamos cinco modelos com valores acessíveis e que prometem atender os usuários mais conectados.

Antes de tudo, lembramos que o material tem como base as informações divulgadas pelos próprios fabricantes.

Publicidade

Baterias que duram o dia todo

Empresas como Motorola, Samsung, Realme e Xiaomi são algumas das marcas que oferecem smartphones com baterias de 5.000 mAh (miliampere-hora) ou mais. Esse número é promessa de durar até dois dias longe da tomada, a depender do uso.

Antecipadamente, os preços partem de R$ 1.140 (começando pelo Moto G32) até o intermediário premium Realme 11 Pro+, que custa a partir de R$ 2.760.

1. Moto G32

De antemão, na linha dos intermediários, começamos pelo Moto G32, da Motorola, uma ótima opção para quem quer um aparelho com uma bateria que dure. O lançamento ocorreu em agosto do ano passado, com a proposta de melhor custo-benefício para o usuário. A bateria é de 5.000 mAh.

Outro destaque é seu conjunto de câmera, com sensor principal de 50 MP, uma boa escolha para quem gosta de fazer fotos, além de executar as tarefas do dia a dia. Ele tem tela de 6,5 polegadas, resolução FHD+, processador Snapdragon 680, até 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.

2. Galaxy M14

Da Samsung, nossa dica é o Galaxy M14, cuja bateria de 6.000 mAh aguenta até 27 horas de uso de internet 4G e 26 horas de wi-fi. A princípio é o que garante a fabricante sul-coreana na divulgação do aparelho. No caso de vídeos, são até 25 horas de reprodução e 155 horas de áudio. Em um uso moderado, sobretudo, o smartphone pode aguentar mais de dois dias com apenas uma carga.

A tela é LCD de 6,6 polegadas e a câmera traseira tem sensor principal de 50 MP. O armazenamento é de até 128 GB e 6 GB de RAM. Seu preço, atualmente, gira em torno de R$ 1.199.

Realme 11 Pro+ tem bateria que dura até 17 horas de reprodução de vídeo
Realme 11 Pro+ tem bateria que dura até 17 horas de reprodução de vídeo  (Foto: Realme/Divulgação)

3. Redmi Note 12 Pro 5G

Como grande parte dos intermediários do mercado, o Xiaomi Redmi Note 12 Pro 5G conta com bateria de 5.000 mAh de capacidade, o que também garante boa autonomia e muitas horas de uso.

Primordialmente, vale ressaltar que o aparelho é acompanhado de um carregador rápido de 67W. Com ele, o usuário consegue 50% de carga em apenas 15 minutos ou 100% em 46 minutos.

A tela é AMOLED de 6,67 polegadas e resolução Full HD+. São quatro câmeras, sendo a principal de 50 MP e a frontal de 16 MP. O processador é o Dimensity 1080. Tem 12 GB de RAM e 256 de armazenamento.

O aparelho foi lançado ao custo de R$ 3.399, entretanto, hoje pode ser encontrado na faixa dos R$ 1.700.

4. Galaxy M54

Voltando ao portfólio da Samsung, apresentamos o intermediário Galaxy M54, que tem uma das maiores baterias mais duráveis da lista: 6.000 mAh. O fabricante garante um dia inteiro de uso com uma única recarga. A capacidade anunciada é de 23 horas de reprodução de vídeos, 20 horas de uso de internet 4G e 55 horas de ligação.

Tem tela de 6,7 polegadas, resolução em Full HD+, conjunto triplo de câmeras, sendo a principal de 108 MP e a frontal de 32 MP. Em outras palavras, garante fotos fantásticas e vídeos em 4k.

Para finalizar, enfatizamos a memória interna de 256 GB, com possibilidade de expansão, e 8 GB de RAM. O processador é o  Exynos 1380, ou seja, de fabricação própria da Samsung. O preço? A partir de R$ 1.199.

5. Realme 11 Pro+

Nossa última dica sobre celulares com baterias que duram é o chinês Realme 11 Pro+, de 5.000 mAh. Segundo o fabricante, a autonomia é de até 17 horas de reprodução de vídeos. Juntamente com o aparelho, o usuário recebe um cabo USB-C, para recarga e transmissão de dados, e um carregador de 100 W, o que resulta numa recarga total em apenas 26 minutos.

Além disso, traz visual e funções dignas de um topo de linha, embora tenha sido classificado como “intermediário premium”. Foi lançado em agosto, por R$ 4.499, mas pode ser encontrado atualmente por muito menos.

Leia também Top aplicativos de antivírus para celular

Gostou deste conteúdo? Tem muito mais por aqui, no É Verdade.