Publicidade

Joia antiga revela segredo bíblico

Arqueólogos fizeram, recentemente, uma descoberta que tem muito a revelar a respeito de um importante segredo bíblico. Os pesquisadores encontraram cinzas dos incêndios que destruíram o Templo de Salomão durante a queda de Jerusalém. 

Além disso, as escavações no Monte Sião também revelaram flechas dos invasores da cidade e uma joia antiga que os arqueólogos acreditam que pertencia a algum dos moradores, que a deixou para trás durante o pânico das invasões. 

Publicidade

Descoberta de um importante segredo bíblico sobre a queda de Jerusalém

Em escavações recentes na região de Jerusalém, arqueólogos encontraram camadas de cinzas e de cerâmica quebrada. Esses achados indicam sinais do grande incêndio que destruiu a cidade na época das invasões. 

Publicidade

Os artefatos que os pesquisadores encontraram estão no Monte Sião, ou seja, fora das muralhas da “cidade velha”. Além disso, eles encontraram, também, pontas de lanças que, segundo a arqueologia, foram utilizadas pelos invasores babilônios. 

Joia e caos

No entanto, o que mais chamou a atenção dos investigadores foi a presença de uma joia antiga. Segundo eles, esta denota o grande caos que ocorreu durante as invasões, fazendo com que os moradores deixassem a cidade às pressas, perdendo seus pertences pelo caminho. 

Publicidade

Embora o processo de escavação e descoberta dos artefatos seja bastante lendo, a revelação dessas peças, dentre as quais estão, além do brinco e das lanças, panelas quebradas e demais artefatos, são muito importantes para a deflagração de um segredo bíblico histórico. 

Porões

Além de todos esses elementos que os pesquisadores descobriram apenas recentemente, os arqueólogos também encontraram, há pouco tempo, porões da época de Herodes. Estes, por sua vez, ao lado de grande parte das defesas que os cientistas também encontraram, serviram para proteger a cidade dos ataques desferidos no ano de 1099. 

Leia também: Aplicativo para assistir Pesca Mortal online

Gostou de saber isso? Então, siga lendo o É Verdade e descubra muito mais!